Qual exército defenderia o Ancapistão?

Qual exército defenderia o Ancapistão?


[Música] e segundo segmento visão libertária vamos a crônica libertário qual exerce defenderia o capitão escrito por arbe 2099 e narrado por 10min targa esse questionamento me veio após ver um vídeo de debate entre o arthur do mdl o pólo como onde eles debatiam sobre a efetividade de um exército privado sobre o exército estatal está claro que um soldado de um exército privado possui muito mais incentivos para ganhar uma guerra de um exército estatal pois certamente um soldado privado teria um bônus atrelado ao seu êxito na batalha e não apenas uma medalha de metal qualquer no debate apareceu o argumento do exército suíço formado pelos cidadãos armados durante a segunda guerra comentaram que a alemanha não invadiu a suíça por primeiro exército suíço ora bolas sabemos que não invasão da suíça não se deu simplesmente pelo seu exército de pais de famílias com suas cabines nem pelo relevo montanhoso muito menos pelo clima frio a invasão da suíça não aconteceu simplesmente porque não era bom para a marca alemã na época não havia nenhuma vantagem tática ou estratégica nessa invasão também não é interessante para nenhum outra má fé durante a guerra das máfias os mafiosos precisam de recursos precisa de dinheiro precisa negociar a suíça não foi invadida por que ela foi eleita pelas marcas como um território neutro onde os mafiosos pudesse usar o sistema bancário negociar recursos imagine que você o empresário produz um certo tipo de recurso empurrar qualquer você gostaria de ser pego pelos mafiosos de seu próprio raul mafiosos currais aliás negociando com os alemães pois é os alemães precisavam negociar com pessoas que estavam em outros currais neutro os empresários dos currais neutros não iriam se arriscar em negociar com um país em guerra e assim tomar um partido correndo risco de serem punidos pelo mafioso senhor rei do gado do outro lado então era mais interessante para a alemanha ter um território neutro do seu lado para dar uma sensação de segurança nessas negociações não duvido até que os próprios mafiosos rivais negociar sem recursos nesse território neutro então a suíça não foi invadida simplesmente por uma vantagem econômica para a alemanha neste debate também pareceu argumento de que na história nenhum exército privado vencer o exército estatal e por esse motivo já se justifica sua superioridade o contra argumento foi que houveram alguns exércitos que resistiram enquanto descentralizados e quando começar a se comportar como um estado eles foram derrotados mas vamos voltar a um capitão qual seria o exército que defenderia o capitão a resposta é que não haveria necessidade de exército para defender um capitão o fato é que quando uma massa entra em guerra com a outra o que os mafiosos estão disputando a condição de poder explorar os governos gasosos de um certo território a maioria dos senhores bovinos gasosos não está preocupada quando em uma guerra entre duas marcas alocados em currais distintos pode acontecer de um governo do curral x possui parentes queridos no curral its certamente ele não terá incentivos para a guerra será com mais uma fiúza o rei do gado este sim possui motivos pra guerra aumentar o seu curral sacchelli seqüestrado dos bovinos de doses por exemplo outro ponto a observar é que nunca estão cada um defenderá o seu território contra um inimigo real e direto de acordo com cada situação agora vamos imaginar que o rei do gado qualquer com o exército do estado estão com 100 homens de se travar uma guerra contra oo capitão com população estimada em 10 mil habitantes pacífica esta está fácil para o estádio estão eles possuem dez soldados por habitante de um capitão ok os soldados marcharam em direção à capital para saquear e matar estuprar as mulheres e ocupar o território invadido eles vão em direção à onde ao contrário de outro estádio estão que teria um comando central uma vez capturado pelo inimigo permite que se exerça sua extorsão sobre o gado daquela região o que gera dinheiro fácil e paga o custo da violência utilizada a grande sacada de um capitão é que ele não possui na região delimitada e nem uma organização centralizada com o capitão existe porque a marca que havia na região não conseguia mais estorquir seus cidadãos de forma economicamente viável a violência necessária para extorquir dinheiro a força de impostos ficou mais cara que o butim se consegue isso porque o novo estádio estão invasor simplesmente não vai ter lucro o exame digital área além disso o capitão está em todo lugar o capitão está baseado na relação entre as pessoas e não seu território jogar então com o capitão pode ter alguns cidadãos localizados no curral de banana tranquilão e outros em 15 land of land a outros na macro land enfim eles estão espalhados por toda parte um capitão não precisa de um território físico para existir as pessoas sim precisam de um local para existir daí então cada um defenderá o seu território como core não a centralização e mesmo que chega em 10 rodadas no estádio estão para invadir a propriedade do cidadão capitão está fácil para ele encontrar uma agência privada que o protegia de dez bandidos estatais se ele correr até o boteco na esquina ele consegue 20 milicianos prass defendeu sem contar que o custo para mover grupo de dez bandidos para várias regiões geográficas extremamente ao não tem como vencer um capitão ele não possui uma região geográfica delimitada é o mesmo que a guerra ao terror olha o tamanho da potência bélica que a campeã é a maior potência bélica da história eu brinco que o órgão de bené pode chegar na unifa lar pessoal vamos armar uma guerra quente as máfias sou eu contra rafa e ainda assim é bem possível os outros mafiosos arregalarem devido ao tamanho da pistola do melhor e mesmo com tamanho poder bélico o pior ano de fracasso contra o terror e contra o comércio voluntário de substâncias e artigos que eu não gosto que ele não consegue taxar esses dois mecanismos o terror eo comércio voluntários estão descentralizados e não depende nem território tudo bem que a guerra ao terror é um espantalho mas ele não consegue nem vencer esse espantalho que eles mesmos criaram agora imaginem se de repente alguns cidadãos pacíficos espalhados pelo globo se sentirem ameaçados por uma máfia estatal e resolverem se proteger retalhando ameaça de agressão que estão sofrendo a máfia tem um território bem definido é fácil contratar alguns mercenários para executar os serviços já que o alvo está bem delimitado ou seja um pequeno exército de mercenários sem rosto vindos de várias partes do globo podem efetuar um ataque coordenado um grande estado sem que este perceba sendo assim as marcas terão que buscar uma maior eficiência de atar e para isso terão que focalizar o os maiores alvos das maiores empresas as maiores fortunas ou seja quem estiver na mira da mar terá duas alternativas a primeira é aceitar o parasita e se tornar um hospedeiro tentando sobreviver a segunda é buscar alternativas que previna desse parasita dentre as alternativas vale até escolher um parasita que seja menos agressivo que outro o problema em aceitar o parasita é que o hospedeiro perder a competitividade diante de outros organismos do capitão ou seja se não houver um bom equilíbrio simbiose parasita logo macaraú pb por exemplo é fácil imaginar que uma grande empresa do estádio estão não terá competitividade alguma contra uma pequena empresa de um capitão e mesmo que uma grande empresa do capitão seja alvo dos mafiosos em uma guerra ela pode facilmente se rearranjar uma rede de pequenas empresas espalhadas pelo mundo novamente tornando a guerra enviava um capitão precisa de bandeira exército constituição ou qualquer coisa que o defina como estado ele não é um estado e ponto é apenas um conjunto de indivíduos que enxerga o óbvio violência contra pessoas pacíficas não tem nenhuma justificativa possível você já está nu capitão bem vindo obrigado pela audiência esse vídeo foi patrocinado pelo clube da liberdade da universidade libertária faça parte deste clube você também veja o link na descrição do vídeo se você é um patrocinador do canal amanhã terça dia 15 vamos fazer um renault com os patrocinadores para definir os rumos do canal será às oito da noite lá no discorde dos patrocinadores não deixe de participar se você ainda não é um patrocinador ainda dá tempo de virar veja no rodapé divisão libertária ponto com os links para os sites de apoio até a próxima

25 thoughts on “Qual exército defenderia o Ancapistão?”

  1. apenas não concordei com a primeira parte do vídeo em que diz que mercenários tem mais incentivos, o incentivo do mercenario é a grana, mas morto essa grana não vale nada, já o incentivo do militar do estado é a honra e o sentimento de pertencimento que o quartel da pra ele

  2. To achando engraçado o uso de "mafia", "currais" e "gado" no roteiro ser tão natural quanto do Peter, a escolinha tá dando bons frutos, adorei!

  3. As empresas privadas conseguem ser melhores do que os grandes exércitos estatais na maioria das vezes, a Academi (antiga Blackwater) já possui cerca de 50.000 funcionários APENAS no Oriente Médio. Só pioram elas enchendo-as de regulamentação e proibindo sua atuação. O maior exemplo é a África, onde a A ONU teve de proibir a atuação de empresas militares privadas como a Executive Outcomes nos estados falidos da África. Apenas porque as empresas cobravam acesso a livre exploração de recursos naturais em troca de garantir a segurança contra os rebeldes comunistas. A questão é que com os capacetes azuis da ONU, que não atuam em áreas de cmbt perigosas, apenas se restringindo aos principais centros e evitando zonas de controle adversárias, mantendo a violência a níveis alarmantes após a saída das tropas. As empresas tem direito de recrutar os melhores militares do mundo sem focar apenas na nacionalidade de 1 país como o Estado faz, pode comprar equipamentos militares variados no Merc Negro (e não se submetendo as licitações e votações lentíssimas dos congressos nacionais ou ao ''padrão'' militar que obriga tds a usarem os mesmos equipamentos), pode usar helicópteros e carros civis blindados, o que dificulta ainda mais a detecção de suas forças em operação, os membros também podem usar coletes variados e não são obrigados a usar fardamento, geralmente se tem cuidado máximo quando se perdem homens/equipamentos já que td não vem coercitivamente e o financiamento pode acabar caso os resultados não sejam favoráveis.

  4. Quem mais não conseguiu prestar atenção no texto por conta do vídeo? Caralho mano, que tensão do cacete essa guerra ai. Frenéticos os caras.

  5. Um cara pagou um assassino de aluguel pra matar o marido da amante. Chegando lá o mercenário negociou com o corno que pagou o dobro pra ele matar o amante. Esse é o problema de mercenários, o lado deles é do dinheiro.

  6. Não acho que seria só dinheiro, eu mesmo ficaria muito feliz em morrer defendendo pessoas inocentes dos demônios estatistas

  7. Cara amei essa guria utilizando os termos do peter como se fossem a coisa mais natural do mundo kkkkkkkkkk eu ri mt aqui, mt bom!

  8. Ksksksksks mano, sério que a guerra acontece por causa de lucro? Essa mentalidade de que toda relação visar o lucro é muita bitolagem

  9. No estadistão do Brasil, as medalhas de qualquer metal, ou "passadores" como eles falam na caserna, sempre converte em uma boa quantia em dinheiro. Geralmente, só de ser um militar de carreira, após 10 anos de força você já tem direito a primeira medalha.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *